300 Crianças
60 Colaboradores
75 anos de existência

Centro Social da Ericeira

O Centro Social da Ericeira

A primeira infância é um tempo de descobertas, de experimentação, de começar a compreender o que nos rodeia. Cada criança traz dentro de si um potencial enorme e desconhecido, que todos os dias se vai relevando. A equipa do CSE procura contribuir para que a criança se vá conhecendo e reconhecendo num ambiente seguro.
O CSE apresenta linhas de actuação específicas que traduzem a nossa identidade e alguns dos princípios de Luiza Andaluz, fundadora das Servas Nossa Senhora de Fátima e fonte de inspiração da nossa acção colectiva:

Tornar felizes os que nos rodeiam

Temos como objectivo contribuir em primeiro lugar para a felicidade das crianças para que elas sintam que o CSE é uma extensão da sua casa e se sintam num ambiente onde impera a boa disposição, a alegria das conquistas diárias, o colo na altura das insatisfações.
E procuramos que as crianças aprendam também, através do nosso testemunho, a relacionar-se melhor uns com os outros.
Um ambiente de interacção positiva onde crianças e famílias se sintam verdadeiramente acolhidas e confiantes numa equipa que procura estar continuamente ao serviço.

Passar fazendo o bem

Ajudar as crianças a descobrir que todos fazemos parte do mundo e que cresçam com gestos e atitudes solidárias.
Que aprendam a não ficar indiferentes à realidade, a serem activas na mudança no mundo, a relacionarem-se com os outros contribuindo para uma sociedade mais inclusiva, que gere de forma fraterna a diversidade.

Exposição: "Descobrir Luiza Andaluz"

Integrada nas comemorações dos 75 anos do Centro Social da Ericeira, inaugura hoje, 10 de Setembro, a Exposição Descobrir Luiza Andaluz.
A exposição está patente na Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva, na Ericeira, até 3 de Outubro de 2021.
Contamos com a sua visita!